Seis curiosidades que rodeiam o Corinthians e o palco da partida desta noite
Reprodução / Internet

Nesta noite de quinta-feira (06), o Corinthians irá enfrentar o Sport Huancayo (PER), às 21h30. A partida será válida pela 3ª rodada da Copa Conmebol Sul-Americana, na cidade de Lima, no Peru.

O país Sul-Americano que será o palco desse confronto guarda algumas curiosidades. A primeira delas é o fato de o Corinthians nunca ter disputado uma partida contra o Sport Huancayo.

O clube da cidade de Huancayo, que tem uma população de aproximadamente 430 mil habitantes, surgiu no ano de 2007, mais precisamente no dia 7 de fevereiro, e joga a primeira divisão peruana desde 2009.

A partida iria acontecer no Estádio Huancayo, mas, no domingo, foi transportado para o Estádio Nacional do Peru, fato que fortaleceu muito o Corinthians, pois o estádio do Huancayo fica há mais de 3 mil metros acima do nível do mar, fato que evidentemente traria muitas dificuldades durante a partida.

Publicidade - Continua abaixo

Outro fato interessante é que o Corinthians nunca disputou um torneio oficial no Peru, apenas amistosos. Esses amistosos aconteceram entre as décadas de 1950 e 1960, totalizando 8 partidas, com 4 vitorias alvinegras e 4 empates, além de 22 gols marcados e 16 gols sofridos.

Reprodução / Internet

As passagens do Timão em solo peruano até aqui guardam outras coincidências – e uma delas será mantida nesta quinta-feira. Todos os oito jogos que a equipe corinthiana fez no país foram realizados no palco do embate desta noite, o Estádio Nacional de Lima.

Publicidade - Continua abaixo
Reprodução / Internet

Hoje também pode ser um marco histórico na carreira do Cássio. Caso o gigante entre na partida de hoje, o que é bem provável, o goleiro se tornará o 1º atleta do Corinthians a jogar em todos os países da América do Sul que disputam torneios internacionais.

Entretanto, a curiosidade mais interessante desse confronto ocorreu em 1969, justamente a última vez que o Corinthians disputou uma partida em solo peruano.

No dia 8 de fevereiro de 1969, o Timão disputou uma partida contra o Alianza Lima e ficou no empate por 1 a 1, com gol marcado pelo Paulo Borges.

Publicidade - Continua abaixo

Porém, o mais inusitado foi que o time do Parque São Jorge não entrou em campo com seu uniforme alvinegro, mas sim com um uniforme amarelo e preto, bem parecido com o do Penãrol.

Isso ocorreu pois o Timão teve problemas na hora de desembarcar seus uniformes e precisou pedir calções e camisas emprestadas no território peruano. As únicas disponíveis eram com essas cores, então o time, tradicionalmente alvinegro, vestiu-as e foi para o confronto.

Esse fato ficou marcado na nossa história e, 46 anos depois, em 2015, o Corinthians lançou uma camisa relembrando esse momento;

Reprodução / Internet