Avatar do(a) Diego Lucio
Diego Lucio
@diego_lucio
Pra dar moral! Corinthians goleia Sport Huancayo no ‘amistoso de luxo’ pela Sul-Americana
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Apesar de já estar eliminado na Sul-Americana, o Corinthians tinha que cumprir tabela em dois jogos aparentemente ‘inúteis’ da temporada. Mas o primeiro deles, contra o Sport Huancayo foi um bom teste para possíveis novas caras no elenco alvinegro. E essas novas caras mostraram serviço, e golearam a equipe peruana por 5x0.

Escalação diferente

Muita coisa mudou em relação à derrota por 2x0 no Dérbi do último final de semana:

- Saiu Jemerson machucado, e entrou Gil;
- Saiu Ramiro e entrou Camacho;
- Saiu Otero e entrou Mateus Vital;
- Saiu Mandaca e entrou Araos;
- Saiu Cauê e entrou Gustavo Mosquito.
- E o principal: Mudou o esquema, de 3-5-2 para uma espécie de 4-2-4

Como funcionou o esquema?

João Victor fechou a linha de quatro defensores no lugar de Fagner com covid-19, Gabriel e Camacho ficaram a frente da zaga, e quatro jogadores flutuaram na última linha: Araos, Luan, Mateus Vital e Mosquito. Os dois últimos atuaram mais abertos e os dois primeiros pisavam (ou pelo menos deveriam) mais na área.

Publicidade - Continua abaixo

1º Tempo

O Corinthians teve incríveis 77% de posse de bola, e sempre teve as melhores chances de gol. Logo aos 11, Mosquito abriu o placar após desvio em cobrança de escanteio. Corinthians 1x0 Sport Huancayo.

O Timão continuou na pressão, e Araos e Luan perderam grandes chances de ampliar. Coube então à Mateus Vital, entrar pelo lado esquerdo e bater colocado no cantinho. Corinthians 2x0 Sport Huancayo.

2º tempo

Houve uma normal queda de ritmo, mas nada que pudesse inverter o controle do jogo. As primeiras ações do Corinthians vieram então na bola parada. Primeiro com Lucas Piton, que exigiu boa defesa do goleiro peruano após cobrança de falta, e com Gil, que ampliou de cabeça após mais uma cobrança de escanteio. Corinthians 3x0 Sport Huancayo.

O técnico interino Fernando Lázaro resolveu testar outras peças, como Adson, Ramiro, Leo Natel e Jô. E foi dos pés do centroavante que saiu a assistência para Gustavo Mosquito marcar mais um. Corinthians 4x0 Sport Huancayo.

Publicidade - Continua abaixo

Mas faltava o gol daquele que é a grande esperança técnica da temporada: LUAN! O camisa 7 foi lançado pelo alto dentro da área, e soltou o pé no ângulo. Corinthians 5x0 Sport Huancayo.

E ficou nisso.

Análise:

O adversário era bom? Não! Valia alguma coisa? Não! Mas dá sim pra tirar coisa boa desse jogo. Começando pela saída de algumas peças duvidosas como Ramiro e Otero, mostrando que não são intocáveis. Da mesma forma, a oportunidade dada à Camacho e principalmente à Araos, mostra que o time pode achar soluções dentro do próprio elenco. E principalmente em relação a mudança para um esquema sem centroavante. Se Cauê e Jô não estão em seus melhores dias, por que insistir? Luan fez esse papel de ‘falso 9’ jogando muitas vezes de costas para o gol.

É claro que o próximo treinador pode querer sim uma presença de área, mas ele já saberá que pode contar com outras variações táticas.

Obs: Esse treinador não será Renato Gaúcho, e com o tamanho da repercussão de sua possível chegada, quem assumir terá o dobro de responsabilidade e de peso no cargo.

Publicidade - Continua abaixo

Destaque individual: GUSTAVO MOSQUITO

Pela terceira vez consecutiva, Mosquito é o melhor do Corinthians em campo, mas dessa vez com dois gols na conta. Outro que pode ser uma boa opção para ocupar durante o jogo o espaço de um centroavante.

Destaque negativo: GABRIEL

Alguém tem que avisar que o Gabriel é o camisa 5, e não o camisa 8, camisa 10, camisa 11.

E agora?

O Corinthians ainda disputa uma partida praticamente amistosa na Sul-Americana contra o River Plate-PAR na próxima quarta(26). No final de semana seguinte, já começa o Brasileirão para o Timão, e o primeiro adversário é o Atlético-GO.