Avatar do(a) Diego Lucio
Diego Lucio
@diego_lucio
Mistão do Corinthians faz bonito e se despede da Sul-Americana com goleada em cima do River Plate-PAR
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Apesar de já estar eliminado na Sul-Americana, o Corinthians tinha que cumprir tabela em dois jogos aparentemente ‘inúteis’ da temporada. Mas em ambos, a equipe fez bonito e aplicou duas goleadas convincentes. 5x0 em cima do Sport Huancayo, e nesta quarta(26), 4x0 em cima do River Plate-PAR. Com as duas vitórias, o Timão ainda terminou na 2ª colocação do Grupo E com 10 pontos ganhos.

Escalação diferente

Pensando no Brasileirão, o interino Fernando Lázaro poupou diversos ‘possíveis’ titulares: Fagner, Gil, Piton, Gabriel, Mosquito e Luan. E colocou alguns reservas de luxo: Bruno Mendez, Roni, Adson e Araos. Mas a principal mudança foi no esqueleto tático. Se contra o Huancayo, o time veio sem um 9 de referência, hoje Jô começou a partida como titular.

Como funcionou o esquema?

Diferente da última partida, João Victor voltou pra zaga ao lado de Raul Gustavo, e Bruno Mendez fez as vezes de lateral-direito. Fábio Santos fechou a linha de 4 zagueiros. Já no meio-campo, Roni foi o primeiro volante, e Ramiro jogou ao seu lado. Foi formada uma linha de três armadores com Mateus Vital, Araos e Adson, todos municiando Jô dentro da área.

Como foi o jogo?

Apesar de estar abaixo na tabela, o Corinthians mesmo com um ‘mistão’ se mostrou muito melhor que o River Plate-PAR desde o início da partida. O Timão teve sempre mais volume de jogo, e logo abriu o placar. Ramiro aproveitou rebote de escanteio, e acertou uma pancada no ângulo do goleiro paraguaio. 1x0 para o Corinthians.

Publicidade - Continua abaixo

A superioridade continuou, e o Corinthians abusou dos chutes de fora da área. Vital e Araos também tentaram de longa distância. Mas a equipe ampliou o placar através de um cruzamento na área. Bruno Mendez deu uma de Fagner, e chegou muito bem na linha de fundo. O uruguaio cruzou na medida pra Jô guardar de pé direito. 2x0 para o Corinthians.

Ainda no 1º tempo, o River tentou pressionar e acertou duas bolas na trave de Cássio. Mas da mesma forma, deixaram espaço para o contra-ataque. Em um desses, Adson arrancou e deixou Mateus Vital na cara do gol. Aí o meia não desperdiçou. 3x0 para o Corinthians.

Veio a 2ª etapa, e o Corinthians consequentemente reduziu a intensidade. Mas não deixou de ter boas chances de gol. Jô, Vital, Araos... Todo mundo queria deixar o seu, mas foi Ramiro que fez mais um! Cantillo lançou linda bola para Ramiro, o goleiro saiu mal, e ainda com a bola pingando, o volante tocou por cima do zagueiro que fazia a cobertura. Mais um belo gol, do atleta que pode estar se despedindo do clube. 4x0 para o Corinthians.

E ficou nisso!

Análise:

O adversário mais uma vez não era bom, e a partida também não valeu nada. Mas o time mais uma vez fez sua obrigação, e goleou sem sustos. De diferente da última semana, apenas a presença de um centroavante, e Jô fez por merecer mais uma oportunidade. Mesmo ainda muito longe de sua forma física, o atacante apareceu mais para o jogo e deixou sua marca. E é bom que Jô esteja em seus melhores dias, pois o recém-chegado Sylvinho dá a impressão de que gosta do esquema com um ‘9’ fixo. Além disso, fica clara a retomada da linha de 4 defensiva. Esquece 3 zagueiros!

Publicidade - Continua abaixo

Agora é virar a ‘chavinha’, e ver o que esse Corinthians pode nos proporcionar na Copa do Brasil e no Brasileirão.

Destaque individual: RAMIRO

Dois golaços numa possível despedida? Não tinha como não ser Ramiro! Muitas vezes criticado pela falta de técnica, hoje o volante usou toda qualidade possível pra marcar dois belos gols.

Destaque negativo: FÁBIO SANTOS

Mesmo com toda facilidade que a partida proporcionou ao Corinthians, o lateral mais uma vez deixou muito espaço no lado esquerdo do campo.

E agora?

Agora o Corinthians enfrenta duas vezes o Atlético-GO na Neo Química Arena. A primeira é no próximo domingo(30), em partida de estreia do Brasileirão. E já na quarta seguinte, o Timão recebe o Dragão em jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil.