Avatar do(a) Diego Lucio
Diego Lucio
@diego_lucio
Mais uma vez debaixo de chuva, Corinthians vira pra cima da Ponte em casa
Agência Corinthians

O Corinthians enfim venceu a primeira na temporada! O triunfo foi difícil, e veio de virada. 2x1 em casa, com requintes de crueldade.

1° tempo

O Corinthians mais uma vez começou muito mal a partida. Diversos erros de passe e decisões erradas na hora de finalizar as jogadas.

Aos poucos, a Ponte Preta foi avançando e criando perigo ao gol de Donelli. Pois uma hora, o castigo chegou. Aos 30 minutos, João Veras aproveitou cobrança de lateral, deslocou Jemerson (sem falta) e avançou do lado esquerdo. Ele limpou a marcação e bateu no canto para abrir o placar. Corinthians 0x1 Ponte Preta.

Publicidade - Continua abaixo

Aí entrou o fator chuva novamente. Poças d'água, bola parando e jogo truncado. Tal qual aconteceu no jogo contra o Palmeiras. E da mesma maneira, foi aí que o Corinthians reagiu.

Já aos 45 minutos, o time acertou a primeira troca de passes, e a bola sobrou na entrada da área pra Mateus Vital. Ele ajeitou e bateu colocado pra marcar um belo gol. Corinthians 1x1 Ponte Preta.

2° tempo

Ainda devido à chuva e ao campo encharcado, o jogo continuou truncado e ruim de assistir. Destoava da maioria, Mateus Vital. O ponta-esquerda mostrou atitude e chamou a responsabilidade pra si. Tudo de bom do Corinthians saía dos pés dele.

Mancini fez algumas substituições, que pouco agregaram na continuidade dos ataques alvinegros. A que mais mudou o jogo foi a entrada de Otero, muito pelas bolas paradas. As boas chances vieram das faltas cobradas pelo venezuelano.

Publicidade - Continua abaixo

Mas outra mudança de Mancini foi a que fez a real diferença. Vital (mais uma vez) foi derrubado na área, e o juiz marcou o pênalti. Jô perdeu na primeira, mas no rebote, fez o gol da virada. Corinthians 2x1 Ponte Preta.

Daí em diante, quem começou a abusar do chuveirinho foi a Ponte Preta. E em alguns bate-rebates, a zaga do Corinthians assustou bastante. Mas o placar ficou nisso!

Análise: 

Com os inúmeros desfalques por Covid-19, Mancini se viu obrigado a escalar dois zagueiros nas duas laterais, o que prejudicou muito o andamento das jogadas do Corinthians. O setor ofensivo também deixou bastante a desejar, muito pela boa marcação da Ponte e do campo encharcado. Mas Vital destoou e foi o cara da partida.

Destaque individual: Mateus Vital 

Como dito acima, no meio do marasmo que era o ataque do Corinthians, Mateus Vital era o único sopro de bom futebol. E não é a primeira vez, diga-se de passagem. Contra o Palmeiras, os dois gols passaram pelos pés do atleta. Grande momento de Vital!

Publicidade - Continua abaixo

Destaque negativo: Jemerson

O zagueiro já não vem em grande fase, e hoje falhou no gol da Ponte Preta.

E agora? 

O Corinthians chega aos cinco pontos em sua chave no Paulistão. E por incrível que pareça, estamos há cinco jogos sem perder (quatro empates, claro). O Timão volta à campo no próximo domingo(14) contra o São Caetano no Anacleto Campanella. O jogo está previsto para as 16hs.