Avatar do(a) Diego Lucio
Diego Lucio
@diego_lucio
Mais sorte do que juízo! Corinthians sofre, mas avança nos pênaltis para a próxima fase da Copa do Brasil
Agência Corinthians

Pela nona vez seguida o Corinthians joga mal, mas ‘escapa’ da derrota. Dessa vez, os requintes de crueldade foram maiores, pois quase o time de Vagner Mancini é eliminado para o modesto (mas valente) Retrô. Placar de 1x1 no tempo normal, com ampla superioridade da equipe pernambucana. Nos pênaltis, a experiência dos batedores alvinegros falou mais alto, e o Corinthians venceu por 5x3.

Mas como foi o jogo? O desastre foi tão grande assim? Tentamos explicar!

1º Tempo

O jogo começou aberto, com as duas equipes propondo o jogo. Mas a principal jogada do Corinthians era a bola parada de Otero. O venezuelano, que vinha sendo criticado por não transformar em gols sua apontada especialidade, usou e abusou desse artifício nesta sexta. Mas aos 18 minutos, o camisa 11 desencantou. Varanda sofreu falta perto da área, e o meia bateu colocado no ângulo. Golaço para abrir o placar. Corinthians 1x0 Retrô.

Publicidade - Continua abaixo

A partir daí, só deu Retrô! A equipe pernambucana mostrou organização e chegou pelo menos três vezes com perigo antes do fim da primeira etapa. Em uma delas, Cássio fez grande defesa, mas o juiz marcou impedimento.

2º Tempo

O ‘massacre’ do Retrô continuou. O time continuou pressionando o Corinthians na saída de bola e se manteve com mais posse. O Corinthians por sua vez, só chegava nos escanteios e faltas de Otero. O venezuelano pegou confiança e deu muito trabalho ao goleiro Jean.

O castigo viria apenas aos 37 do 2º tempo. Em cobrança de escanteio, Mayco Félix testou firme para empatar a partida. Corinthians 1x1 Retrô.

Publicidade - Continua abaixo

Pênaltis

Pelo menos na hora de mais pressão, os batedores do Corinthians ‘representaram’. Fábio Santos, Jô, Leo Natel, Ramiro e Fagner converteram todas as cobranças do Timão, enquanto Gelson perdeu uma das cobranças do Retrô. Placar de 5x3, e Corinthians classificado.

Análise:

Mais uma partida muito abaixo do Corinthians. E além do setor de criação que já vinha sofrendo, a defesa deixou a desejar. Assim como dito no título da nota, foi muito mais sorte do que juízo. Apesar do nono jogo seguido sem perder, o time não dá esperanças de que vá longe na temporada.

Destaque individual: OTERO

Grande partida do venezuelano! Jogando numa posição mais recuada, Otero ‘mandou’ no meio-campo, e enfim desencantou em sua tão citada especialidade. Gol de falta pra coroar uma belíssima atuação.

Publicidade - Continua abaixo

Destaque negativo: CAZARES

Em contrapartida, Cazares está muito fora de forma. Qualidade não falta para o equatoriano, mas o meia parece não sentir o ritmo da partida e erra lances bobos.

E agora?

O Corinthians ainda não sabe quando volta à campo, pois o Paulistão está paralisado devido à pandemia da covid-19. O adversário será o Ituano, mas a data só Deus sabe!