Avatar do(a) Diego Lucio
Diego Lucio
@diego_lucio
Gosto amargo! Corinthians vira pra cima do São Paulo, mas leva empate no fim do jogo
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Parecia aquela noite de clássico perfeita. Saímos atrás no ‘Majestoso’ e viramos o jogo com dois belos gols. Tabu mantido e mais uma vitória importante pra conta, certo? Errado! Aos 50 minutos do 2º tempo, o Corinthians levou o empate, e ficou aquele gostinho de ‘quero mais’. Placar de 2x2 frustrante, mas o tabu contra o São Paulo na Neo Química Arena continua. O Corinthians segue sem perder para o rival na nova casa.

1º Tempo

Por ser um esquema novo, se previam dificuldades para o time do Corinthians. Mas os caras exageraram! Havia um buraco enorme entre os três zagueiros e a segunda linha da equipe. O time de Vagner Mancini tinha excessiva dificuldade para sair jogando, e o São Paulo por sua vez, foi extremamente agressivo nessa pressão de saída de bola.

Mas o primeiro gol veio apenas na bola parada, em um momento desatento de nossa zaga. Cobrança de escanteio do lado direito, e Miranda subiu livre pra abrir o placar. Corinthians 0x1 São Paulo.

Os erros do Corinthians continuaram, e o coletivo era muito falho. A solução seria um lampejo individual de um dos atletas alvinegros. Quem seria esse cara? Acabou vindo de quem mais se espera desde muito tempo: LUAN.

Publicidade - Continua abaixo

Cobrança de lateral de Piton na direção de Ramiro. O camisa 8 ajeitou para Luan na entrada da área, e o meia acertou um chutaço no ângulo. GOLAÇO! Corinthians 1x1 São Paulo.

2º tempo

O gol mudou o cenário da partida. O Corinthians acalmou seus ânimos e passou a ter o domínio das ações. Tanto em posse de bola, quanto com volume de jogo. Aos 39 do 2º tempo, veio a merecida virada. Luan armou a jogada pra Fagner, que cruzou na medida pra Gustavo Mosquito colocar o Corinthians na frente. Corinthians 2x1 São Paulo.

O São Paulo veio pro ‘abafa’, e o técnico Hernan Crespo encheu seu time com os titulares poupados para o início da partida. Da parte do Corinthians, era o famoso ‘acaba o jogo Sr.Juiz’. E quando tudo dava a crer que venceríamos mais um clássico, João Victor fez pênalti bobo, e Luciano empatou a partida. Corinthians 2x2 São Paulo.

Já eram 50 do 2º tempo, e não deu tempo pra mais nada. Ficou nisso!

Análise:

Talvez não fosse o dia ideal para testar um tão solicitado 3-5-2, mas o esquema trouxe boas perspectivas. Se tiver mais tempo para treinar, essa mudança pode ser benéfica para essa escassez de futebol do Corinthians.

Publicidade - Continua abaixo

Deixando claro que ainda é cedo pra avaliar, podemos pontuar no que o esquema impactou no resultado do jogo.

Pontos positivos do 3-5-2: 

- Alas com mais liberdade de criação
- Luan flutuando com menos obrigação de marcação, e com mais gás para a armação de jogadas

Pontos negativos do 3-5-2:

- Linhas muito espaçadas, porém pode ser algo corrigido com treino
- Zagueiros ainda pouco acostumados com esse tipo de saída de bola
- Volantes ainda perdidos no posicionamento, criando pouco e deixando a defesa exposta

Se é a intenção de Mancini, mudar a chavinha para o 3-5-2, ele deve mostrar convicção independente do que aconteça nos próximos jogos. Os jogadores se mostraram abertos para a mudança, e deram resposta positiva dentro de campo. Da parte técnica, só o tempo dirá se vai dar certo ou não.

Publicidade - Continua abaixo

Destaque individual: LUAN

Um primeiro gol fantástico, além da participação direta no segundo gol. Noite digna dos bons tempos de Luan. Tempo que ainda não havia acontecido no Corinthians. A boa atuação junto à esta mudança de posicionamento, pode dar muita confiança ao camisa 7 para a sequência da temporada.

Destaque negativo: JOÃO VICTOR

Errou bastante na saída de bola e fez o pênalti que decretou o empate para o São Paulo. Já mostrou ser bom de bola, mas hoje foi muito mal.

E agora?

O Corinthians segue na liderança isolada e absoluta do Grupo A do Paulistão com 22 pontos. Agora o time volta à campo na próxima quinta(6), em jogo contra o Sport Huancayo pela Sul-Americana. A partida acontece fora de casa, em solo peruano.