Em entrevista, Danilo Avelar fala sobre a atuação da equipe, nova posição e próximo jogo
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Danilo Avelar concedeu nesta sexta-feira (28) uma entrevista online realizada no CT Dr. Joaquim Grava. O jogador falou sobre diversos assuntos, entre eles, sobre sua nova posição, a atuação da equipe no último jogo e sobre o próximo jogo que será contra o São Paulo neste domingo (30).

Quando questionado sobre a dificuldade do time enfrentar equipes que tem uma boa defesa, como no caso do Fortaleza, Avelar disse que não é só uma dificuldade do Corinthians, pois todo time que enfrenta um adversário com uma linha de 7 atrás tem a dificuldade de entrar. Para o jogador, o Fortaleza defendeu muito bem, mostrou força física e o Corinthians tentou de diversas formas fazer o gol. 

Em relação à postura do time contra equipes defensivas e ofensivas, Avelar disse que o Corinthians não olha o adversário, mas que tenta aplicar o que o técnico passa no jogo e procura evoluir. Comentou que como o adversário tem 11 jogadores que tentam impedir a equipe de fazer o que é treinado, é necessário adaptar. Sobre o próximo jogo contra o São Paulo, disse que a equipe irá atacar e defender da melhor maneira para sair vitoriosa.  

Sobre o comentário de Tiago Nunes de que a imprensa critica muito o Luan, Avelar confirmou que isso realmente acontece e que isso é muito comum na profissão de jogador e que ele próprio já foi muito criticado, mas soube lidar com a situação. Comentou que quando se joga em times grandes a pressão e a cobrança acontecem e que muitas vezes as críticas depois se tornam aplausos. Avelar disse que se a imprensa faz críticas também pode fazer elogios, o que ajuda muito o jogador.  

Avelar completou 100 jogos com a camisa do Corinthians e disse que pra ele essa marca é importante e que se sente mais preparado e confiante e com isso pode apoiar outros atletas tanto dentro quanto fora de campo.  

Em relação à sua nova posição como zagueiro, disse que o trabalho é bastante diferente da atuação do lateral, sua posição anterior, e que está contente com seu desempenho. Disse que busca melhorar e evoluir e que a mudança de outras posições para zaga é uma tendência mundial no futebol e que os times que souberem aproveitar terão um bom resultado. 

Em relação ao jogo contra o São Paulo, quando questionado qual seria a estratégia utilizada pela equipe, disse que é necessário saber o momento certo para atacar o adversário e ser 100% agressivo. Defender também é importante já que o São Paulo é um time que tem a maior posse de bola nos últimos jogos e que por ser um time que ataca bastante, acaba deixando mais espaço para o Corinthians usufruir do contra-ataque. 

Sobre a atuação de Tiago Nunes na equipe, disse que ele tem um staff muito bom e que isso, junto à estrutura do clube, possibilita uma avaliação da performance de cada jogador. 

Em relação à venda dos naming rights da Arena Corinthians, assunto muito comentado durante esta semana, disse que os jogadores também não tem informações, mas que ele está curioso para saber o que irá acontecer.