Apesar de ofertas, diretoria diz não a reforços para o setor defensivo
Agência Corinthians

Durante a janela de transferência que se encerrou na última terça (31), a diretoria do Corinthians recebeu algumas ofertas de jogadores para o setor defensivo do time, como o uruguaio Emiliano Velázquez, recém contratado pelo Santos. Em todas as ofertas a resposta foi não.

O motivo, além das finanças, é que a diretoria acredita que, nas categorias de base, existem jogadores que darão conta do recado quando necessário.

Alguns deles já chegaram a ser relacionados para partidas do time profissional ou foram chamados para compor o elenco durante os treinamentos, como Lucas Belezi, de 18 anos, atleta do sub-20, relacionado para a partida contra o Atlético-MG, e Léo Paraíso, da equipe sub-23, que compõe a zaga nos treinamentos em algumas ocasiões.

Publicidade - Continua abaixo

A zaga do Corinthians atualmente é composta por quatro atletas: os titulares João Victor e Gil, além de Léo Santos e Raul Gustavo, que por pouco não acertou com o Bordeaux, da França.