Biografia

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Biografia do Mateus Vital

Vasco

Mateus Vital chegou ao Vasco em 2003 e foi campeão em todas as categorias que passou, tanto nas quadras de futsal quanto no futebol. Formado pelo Colégio Vasco da Gama, o camisa 10 fez sua estreia como profissional em 2015. Fez seu primeiro gol no dia 09 de setembro de 2017 em uma vitória por 1-0 diante do Grêmio.[1][2] Foi campeão carioca juntamente com o grupo em 2016, porém não foi nem relacionado para a final contra o Botafogo.[3]


Corinthians

Em 16 de janeiro de 2018, o Corinthians anunciou sua contratação por 2 milhões de euros por 4 anos.[4] Foi bicampeão Paulista no clube de SP (2018 e 2019), sendo peça importante na campanha vitoriosa no placar nos pênaltis contra o São Paulo na semifinal, uma assistência na final contra o rival Palmeiras em 2018[5] e fez parte da campanha do tri paulista em 2019, porém não entrou em campo na final contra o São Paulo.[6] Fez o seu primeiro gol com a camisa do alvinegro no dia 27 de maio de 2018, em uma derrota por 2-1 para o Internacional no campeonato brasileiro de 2018.[7]


Seleção Brasileira

Ainda com a camisa do Cruzmaltino, Vital integrou a seleção brasileira do sub-15 ao sub-20.[1] Em 2019, foi convocado para a Seleção Sub-23 para a disputa do Torneio de Toulon, no qual foi campeão juntamente com Pedrinho, seu companheiro de Corinthians. Vital marcou o primeiro gol do Brasil na disputa de pênaltis na final contra o Japão.[8]


https://pt.wikipedia.org/wiki/Mateus_da_Silva_Vital_Assump%C3%A7%C3%A3o