Biografia

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Biografia do Gil

Natural de Campos dos Goytacazes, Gil teve uma infância difícil e começou a sua carreira nas categorias de base do Rio Branco, da sua cidade natal.

Americano

Aos 17 anos, Gil chegou no Americano para jogar como volante. Mas o treinador Paulo Marcos acabou o colocando de zagueiro, de onde ele não saiu mais. Pelo clube alvinegro, Gil se profissionalizou.

Jaguaré

Na temporada de 2007, foi emprestado pelo Americano ao Jaguaré. Com a camisa do Tricolor do Norte, Gil conquistou a Copa Espírito Santo daquele ano. Na época, ele atuava com a camisa 3 e era conhecido pelo nome de Gilberto Balói.

Retorno ao Americano

Depois da passagem vitoriosa pelo futebol capixaba, Gil voltou ao Americano para a disputa do Campeonato Carioca de 2008, onde se destacou. Na época, os dirigentes do Alvinegro de Campos tentaram alguns contatos no Vasco da Gama para viabilizar a transferência, mas acabou não acontecendo. Então os mesmos dirigentes conseguiram o empréstimo dele para o Atlético Goianiense.

Atlético Goianiense

Confirmado pelo Atlético Goianiense em julho de 2008, como reforço para o restante da temporada, ele assinou contrato até o final do mesmo ano. Em pouco tempo se tornou titular no clube goiano e se destacou no título da Série C do Campeonato do Brasileiro, chamando a atenção de clubes da Série B e da Série A.

Para a temporada de 2009, o zagueiro foi adquirido em definitivo pelo Dragão. O ex-agente FIFA Júlio Fortes e o então vice-presidente atleticano Maurício Sampaio compraram 100% dos direitos econômicos de Gil por um valor não divulgado. O ex-dirigente rubro-negro passou a sua porcentagem (50%) para o clube, para que o Atlético pudesse ganhar algo com uma futura venda. Pelo Campeonato Goiano daquele ano, ele foi escolhido o melhor zagueiro da competição. Suas boas atuações voltaram a despertar interesse de grandes equipes do futebol brasileiro.

Aparecida

Após ser o melhor atleta do Atlético Goianiense por duas temporadas seguidas, Gil foi comprado por um grupo de empresários (o valor girou em torno de 250 mil euros), registrado na Aparecida e emprestado ao Cruzeiro.

Cruzeiro

Foi anunciado oficialmente pelo Cruzeiro em 1 de agosto de 2009. Participou do vice-campeonato Brasileiro em 2010. Aos poucos conquistou seu espaço e se tornou um dos melhores jogadores do país. Logo, despertou interesse de clubes europeus.

Valenciennes

No dia 20 de agosto de 2011, o Valenciennes, da França, pagou 3 milhões de euros para ter Gil, que assinou com os Les Athéniens até 30 de julho de 2014. Gil chegou no clube francês indicado pelo ex-jogador Cláudio Caçapa e com a dura missão de substituir Milan Biševac. Ele fez sua estreia na Ligue 1 no dia 10 setembro de 2011, contra o Ajaccio.

Corinthians

No início de janeiro de 2013, Gil foi contratado pelo Corinthians por 3,5 milhões de euros. Foi para o CT Joaquim Grava, onde passou por mais testes e assinou vínculo por quatro anos.

“Estou tranquilo, pois será uma disputa sadia. Só quem tem a ganhar é o Corinthians.”

Estreou com a camisa do Timão em 23 de janeiro de 2013, na partida válida pelo Paulistão 2013, contra a Ponte Preta, o resultado foi de 1 a 0. O jogador teve um início arrasador no Corinthians. Superou suas expectativas, assumiu a titularidade na equipe do Corinthians e se firmou fazendo o simples. Terminou a temporada como recordista de jogos do clube no ano e foi eleito o melhor zagueiro na temporada.

Seu primeiro gol com a camisa do Alvinegro do Parque São Jorge foi no dia 26 de fevereiro de 2014, contra o Comercial, em partida válida pelo Campeonato Paulista. Marcou um importante gol contra o Santos, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão de 2014.

Shandong Luneng

No dia 20 de janeiro de 2016, Gil assinou contrato por quatro temporadas com o Shandong Luneng, pelo preço de 10 milhões de euros. 

Retorno ao Corinthians

Depois de muita espera, no dia 3 de julho de 2019 o Corinthians anunciou o retorno do zagueiro ao clube. O contrato de Gil com o Timão tinha validade de seis meses, com a opção de renovação por mais três temporadas, o que veio a ocorrer.

Seleção Brasileira

Sua primeira convocação para a Seleção Brasileira veio no dia 19 de agosto de 2014, quando o técnico Dunga o convocou para os amistosos contra a Colômbia e Equador.

Fonte: Wikipédia