NA FINAL! Corinthians goleia Nacional e vai em busca do tricampeonato da Libertadores

Avatar do(a) Tatiana Carvalho
Tatiana Carvalho
@__taticarvalho
NA FINAL! Corinthians goleia Nacional e vai em busca do tricampeonato da Libertadores
Staff Images Woman/Conmebol

Na noite desta terça-feira (16), o Corinthians enfrentou o Nacional na semifinal da Libertadores e goleou por 8x0. No entanto, o que marcou a partida foi a injúria racial cometida por uma jogadora uruguaia, que chamou a Adriana de 'macaca' após a atacante balançar as redes. Apesar das manifestações dentro e fora de campo feitas pelo Corinthians, a Conmebol ainda não se pronunciou sobre o caso. 

Escalação

Arthur Elias manteve praticamente o mesmo time que disputou as quartas de final. A única mudança foi Poliana no lugar da Katiuscia, que estava pendurada com 2 amarelos e, caso recebesse mais um, poderia perder a partida que vale o título. 

1º Tempo

O Corinthians começou a partida muito focado e indo para cima das adversárias. Aos 10 minutos, Yasmim cobrou com perfeição um escanteio pela direita, que terminou com Campiolo cabeceando para o fundo das redes. Depois de sofrer o gol, as adversárias subiram a marcação e acabaram dificultando a saída de bola alvinegra.

Publicidade - Continua abaixo
Campiolo comemora gol contra o Nacional | Foto: Staff Images Woman/Conmebol

Com essa estratégia imposta pelas uruguaias, o Timão passou a investir em passes de longa distância para pegar a defesa desprevenida. Aos 36 minutos, Zanotti conseguiu deixar Adriana livre na área com uma bola em profundidade, mas a atacante acabou mandando em cima da goleira. 

Na parte defensiva, as alvinegras pouco sofreram. Apesar de algumas chegadas do Nacional, nenhuma conseguiu levar perigo para a goleira Kemelli. 

2º Tempo

Logo no início da segunda etapa o Timão ampliou o placar com Diany, que fez ótima jogada individual na entrada da área e mandou colocado pro fundo do gol. As alvinegras seguiram pressionando e aos 9 minutos, Adriana cruzou para Vic, que mandou de voleio e marcou mais um tento. 

Publicidade - Continua abaixo
Vic comemora seu 13º gol feito na Libertadores com a camisa alvinegra | Foto: Staff Images Woman/Conmebol

Com o 3x0 no placar, o Corinthians começou a encontrar espaços com tranquilidade e fez uma blitz no campo ofensivo. Aos 16 minutos, Tamires lançou pela esquerda e Portilho teve apenas o trabalho de empurrar para o gol e correr para o abraço. Logo em seguida, aos 18 minutos, Andressinha lançou a Vic na área, que de peito ajeitou para Jheni chegar batendo de primeira e fazer o seu quarto gol na competição. 

Aos 25 minutos, mais um gol do Timão. Portilho fez jogada individual pela direita e foi derrubada dentro da área, conseguindo um pênalti. Adriana foi para cobrança e não perdoou, a atacante mandou a bola no ângulo esquerdo para ampliar ao placar. Depois do tento houve o insulto racista e, apesar das jogadoras corinthianas apontarem o que aconteceu para a árbitra, a partida seguiu como se nada tivesse acontecido. 

Juliete foi a autora do sexto gol, a lateral arriscou de fora da área e marcou um belo gol. Por último, aos 44 minutos, Grazi recebeu dentro da grande área e, cara a cara com a goleira, mandou uma cavadinha para balançar as redes. 

Publicidade - Continua abaixo
Grazi comemora gol contra o Nacional fazendo símbolo contra o racismo | Foto: Staff Images Woman/Conmebol

Veja os gols! 

Esses foram os gols marcados na goleada do Timão: 

Destaque

O Corinthians como um todo foi muito bem na partida, as jogadoras tiveram paciência para encontrar o caminho do gol e não se afobaram em ter ido para o intervalo com apenas um tento marcado. No entanto, Adriana merece um destaque individual, com um gol e muita movimentação ofensiva, a atacante foi fundamental para abrir espaços na defesa adversária. 

E agora?

O Corinthians enfrenta o Santa Fé na grande final da Libertadores. Ao contrário do resto da competição, que foi no Paraguai, a disputa do título acontecerá em Montevideu, Uruguai. O jogo acontecerá no domingo (21) às 20h.