Artigos

Avatar do(a) Matheus Magossi Ruiz
Matheus Magossi Ruiz
@magossi_txt
Se todos são campeões, nenhum é. O Rio-SP de 1966
Internet

Quando pensamos no passado do futebol brasileiros sempre um assunto se faz presente: os complicados e indecisos regulamentos das competições. Motivos para existir esse tópico não faltam. Seja no ano de 1979, com uma CBD militarizada e 94 equipes no Campeonato Brasileiro, 1987 e seus quatro módulos para a competição nacional ou, o propriamente mencionado, Torneio Rio-SP de 1966. 

O torneio interestadual contava com 10 clubes participantes (Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Portuguesa, Vasco, Fluminense, Botafogo, Bangu e Flamengo) que se enfrentariam em um único turno no formato ‘todos contra todos’. Ao final da competição o time com maior número de pontos seria o campeão. Simples, não? Nem um pouco. 

No mesmo ano a cidade do Rio de Janeiro enfrentara uma das suas enchentes mais terríveis, o que impossibilitaria alguns jogos. A CBD, à época, considerou essencial o acontecimento do torneio com fins de observação para a Copa da Inglaterra. Mesmo assim, após duas semanas de jogos disputados, as partidas cessaram no Rio, agora por ventura do acontecimento dos desfiles carnavalescos. Após isso tudo, a capital paulista também sofreu com chuvas que obrigaram o fechamento de alguns palcos dos jogos que ocorreriam no estado. 

Publicidade - Continua abaixo

Aos trancos e barrancos o campeonato foi finalizado, o que não deu fim aos problemas. Corinthians, Vasco, Santos e Botafogo terminaram empatados em número de pontos com 11 cada um. Um desempate não era previsto no regulamento e a CBD, que outrora considerava essencial a realização do torneio, agora pregava pelo seu encerramento. Os quatro times alvinegros dividiram, então, o título de Campeão do Torneio Rio-SP de 1966. 

A confusão foi tamanha que medidas drásticas foram tomadas, a principal: a criação do Troféu Roberto Gomes Pedrosa em 1967. Essa mudança de direção fez com que o Rio-SP só fosse novamente disputado, dessa vez no formato mata-mata, em 1993. Sua última edição ocorreu em 2002, ano em que o Timão também foi campeão, dessa vez, o único.