Artigos

Avatar do(a) Matheus Magossi Ruiz
Matheus Magossi Ruiz
@magossi_txt
Existia futebol antes do Parque São Jorge
Corinthians / Divulgação

No dia 17 de março de 1918 aconteceu a partida inaugural do Estádio da Ponte Grande, localizado próximo a Ponte dos Bandeirantes. Antes da inauguração, o time do Corinthians mandava seus jogos no Campo do Lenheiro, que ficava no Bairro do Bom Retiro onde o clube foi criado.

O estádio da Ponte Grande foi muito importante para que o Timão se equiparasse, no sentido estrutural, aos grandes clubes da época: o Paulistano e o Germâno. Sua construção mobilizou a torcida, dirigentes e jogadores para auxiliarem a tornar o sonho da primeira casa realidade. A torcida foi muito importante, tanto na construção, quanto no momento conturbado em que ela ocorreu, pois estávamos vivendo a pandemia da Gripe Espanhola. A fiel se mobilizou e fez parte, tanto da construção do estádio, quanto na linha de frente do combate à doença quando a Ponte Grande estava de pé.

Publicidade - Continua abaixo

No jogo de estréia a Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp) ofereceu um troféu para ser disputado. O jogo foi um Derby que terminou empatado em 3x3 com o, a época, Palestra Itália. O Timão fez um segundo jogo para decidir quem levaria o troféu simbólico e venceu por 4x2. O estádio foi palco do primeiro Tri Paulista do Timão (22, 23 e 24), além do inusitado amistoso entre Corinthians e a Seleção Brasileira em 1925 que terminou empatado em 1x1. O clube utilizou o estádio até 1927 quando se mudou para o Parque São Jorge.

Na Ponte Grande o Timão realizou 108 jogos, venceu 80, empatou 11 e perdeu 11. Marcou 387 gols e sofreu apenas 115, marcando o ótimo aproveitamento de 82% no estádio. Parte do antigo estádio foi demolido em 1937 e o terreno pertenceu ao Clube de Regatas Tietê, que usou o local para partidas de tênis até 2014.